HISTÓRIAS

AMORES – PARTE I

Eu não diria que tenho dedo podre pra escolher homens, mas um tantinho estragado ou uma unha quebrada, ah isso sim, eu tenho mesmo. Não tive uma legião de namorados debaixo desses meus 50 anos, mas tive um numero bem considerável, levando em conta que já me casei quatro vezes e namorei umas boas dezenas. … Continuar lendo

Avalie isto: