HISTÓRIAS

Falta humor na sua vida?

Estava chovendo a cântaros, e o estreito e inclinado corredor estava cheio de lodo. Para piorar a situação, era a única passagem para saída, já que a principal estava interditada para colocação de piso. O rapaz deu uma olhada e pensou: – Se eu tentar passar agora vou escorregar e, meus colegas vão rir de mim, se eu esperar a chuva passar, perco o ônibus.

Tentou passar e no primeiro passo, escorregou. Voltou atrás. O colega que estava logo atrás o observando, disse: – Veja! Vou te mostrar como se faz! Deu dois passos e se esborrachou com o traseiro no chão.

Um longo segundo de silêncio e preocupação; daí, sonoras gargalhadas dos presentes que observaram a cena e depois viram que o sujeito não se machucara.

Todos nós sabemos que há tempo pra rir e tempo pra chorar. A habilidade de rir é inerente ao ser humano, uma dádiva divina. Por isso não nos espanta que o mundo esteja cheio de coisas que nos faça rir: pequenos animais com suas travessuras engraçadinhas, um cãozinho mordendo a própria cauda rodando até cair, crianças sorrindo e por ai vai. Há muito motivos pra rir ao nosso redor, só a espera de nossa apreciação e sorriso.

É impossível todo mundo rir das mesmas coisas. O engraçado depende do momento e do local, e muitas vezes a cultura, a personalidade, a formação e até o aspecto social não permite achar graça em determinadas situações. Mesmo assim, todos nós rimos de algo em algum momento, que seja uma história engraçada, uma surpresa agradável, uma piada, um trocadilho inteligente.

Para que serve sorrir? Pra viver melhor, já que o rir é o melhor remédio e também torna a distância ente duas pessoas, bem menor. Sorrir pode até servir como medidor da compatibilidade,  já que achar graça nas mesmas coisas, indica possibilidade muito grande da parceria dar certo, pelo menos para rir em conjunto. Quem ri mais, tem a tendência de ser mais criativo, menos intransigentes e mais disposto a analisar e acolher boas ideias e novas metodologias.

Você sabe o que faz algo ou o momento ser engraçado? Pois é, ninguém sabe de verdade, porque cada um tem um jeito de encarar as coisas. Tem pessoa que acredita que a surpresa do momento seja o gatilho da risada. Outros, já acham que depende da própria pessoa. É difícil saber onde está a graça.

O humor pode ser resultado da liberação da energia emocional reprimida, e servir para disfarçar conflitos e mágoas. Nem sempre o humor é sensato, em determinadas situações ele pode se apresentar como doentio, sádico ou até injusto, como é o caso das piadas de mau gosto que menosprezam nacionalidades ou raças. Há de convir que pode ser engraçado observar um bebê que está começando a andar, cair desajeitadamente depois de dar uns passinhos. Mas, quando um idoso ou deficiente cai, o correto é acudi-lo e não rir da situação.

Por outro lado, o humor é benéfico se usado corretamente, sendo até terapêutico. Rir é bom para o corpo e a mente, podendo até fortalecer o sistema imunológico. A terapia do riso cura. Tanto que em alguns hospitais foram criadas as salas de riso, onde os pacientes podem se entreter com jogos, filmes de comédia, ou escutar piadas .

E você, consegue recorrer ao humor em uma situação adversa? O que diria de visitar alguém hospitalizado e providenciar algo para alegrá-lo, de forma apropriada?  E lidar com a raiva encontrando o lado engraçado da situação?

Ter bom humor é importante, principalmente quando estiver próximo a pessoas com hábitos irritantes, sem nenhum senso de humor, que ameaçam causar conflitos, ou simplesmente difíceis de lidar. Seu filho esquece sempre de dar a descarga, apesar dos repetidos lembretes? Seu marido esquece sempre a toalha molhada na cama?  Sua filha sempre esquece as peças íntimas no Box? Sua esposa se esquece do jantar, por causa da novela? Bom, entra na fila, porque não é a única pessoa a passar por isso. Todo mundo tem defeito e tem problema, o que não pode é se aproveitar dos defeitos para envergonhar a pessoa, acusar, gritar ou berrar, porque esta atitude só vai piorar as coisas. Sempre que afrontar ou ridiculariza alguém, ele ficará na defensiva.

Já que não adianta ridicularizar a pessoa que cometeu o deslize, que te incomodou, que tal direcionar o humor para a situação em si e não para a pessoa. Rir pode ajudar a diminuir a tensão. Quando você sorri, começa a perceber que o problema não era tão grave enfim.

Por outro lado, tem-se de ter cuidado com o humor, devendo recorrer a ele com certa discrição, não permitindo que haja maldade ou desrespeito direcionado a alguém. Isso inclui não fazer de nenhuma pessoa alvo constante de piadas, não fazer comentários mordazes sobre situações particulares e principalmente não usar o humor como arma para criticar ou uma forma de menosprezar seja quem for.

O humor é realmente importante na vida das pessoas, tanto que ele é capaz de ajudar na descontração e na alegria, suavizando os relacionamentos e ajudando a lidar com infortúnios.

Então, coloque humor na sua vida. Ele fará maravilhas por você e pelos que estão ao seu lado!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s