HISTÓRIAS

NOSSOS ANJOS E DEMÔNIOS DE CADA DIA

Todos temos dois lados: bom e mau. Não somos perfeitamente bons e muito menos imperfeitamente maus. Somos o que somos. Alimentamos em nosso ser, o que nos causa mais prazer. Se é o bem ou o mal, isto não quer dizer que é o que somos, mas sim, o que estamos evocando no momento.

Cem anjos (bem) podem  acampar ao nosso lado e um demônio (mal) do outro, que o vai valer mais será o que estiver mais alimentado.

Não deveríamos nos iludir, porque o coração é o comandante de nossas escolhas. Em nome do amor ou do ódio podemos construir ou destruir nossas vidas. Pontes ou muros são nossas opções.

Ninguém nasce pronto, assim como não nasce para fracassar ou sentir dor, ou sei lá o que mais. As respostas que temos são apenas frutos de nossas escolhas cotidianas, nunca do determinismo, mas sim do livre arbítrio.

No início de nossas vidas, somos controlados pelas escolhas paternas, mas assim que nosso caráter é definido pelo nosso espirito não podemos mais responsabiliza-los.

Mentira, quando alguém confrontado com um erro crasso, nos diz: “segui o sistema e me dei mal na minha escolha”.  Não há sistema para cometer erros, muito menos receita para acertos. Existem más e boas escolhas.

Existem pessoas que tomam decisões e culpam outros pelo fracasso. E ainda existem aqueles que escolhem mal por realmente acreditar que não há outra escolha. Repito, não há um esquema e nem um sistema predeterminante para escolhas de vida. Mas, sempre há dois caminhos. Nada está pronto a ponto de não poder mudar de opção.

Ficar em cima do muro também é escolha. Pode até nem ser a opção mais acertada, do ponto de vista de quem está de um dos lados de baixo, mas é um direito.

Portanto, tenhamos vergonha e não fiquemos culpando o mundo, a família, Deus, a religião, culpemos nós mesmos pelo que nos acontece.

Somos os únicos responsáveis pelo que nos acontece. Não vamos mentir que não sabíamos disso. Não nos desculpemos, alegando desconhecimento de alternativas corretas para eleger. Sempre há opções, fui clara agora?

O bem e o mal estão acampados ao nosso lado. Vinte e quatro horas, todos os dias. Sempre estarão. Este é o papel deles na nossa vida. Esperam por nossas instruções.

Se fizermos uma prece, o bem a encaminha ao Criador por nós, em nome de Jesus, para solução de acordo com nosso merecimento. Se fizermos uma imprecação, ela alimenta o mal presente em nossas vidas cotidianamente e o nosso demônio se aproxima com um “tapinha” nas costas, animando-nos a continuar.

Decida! O que você quer fazer? Qual lado quer alimentar mais?

Anjos e demônios estão a postos! Sempre estiveram e sempre estarão. Faça sua escolha e conviva com ela, porque a lei do retorno é implacável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s