OPINIÃO

HOMOFOBIA E A BÍBLIA

Para falarmos de homofobia temos primeiro de falar sobre preconceito. O preconceito é uma forma de prejulgamento que fazemos a outra pessoa sem ao menos lhe conceder o benefício da dúvida ou até de um julgamento honesto e justo. Quando dizemos que alguém é preguiçoso, burro, mal intencionado ou perigoso sem ao menos conviver com aquela pessoa, estamos sendo preconceituosos, ou tendo uma idéia preconcebida. Isto acontece com pessoas que julgam as outras pelo grupo a qual pertence. Para ela, o que vale é que todos daquele grupo são iguais, se um é ruim, todos são e por ai vai. Ela não vê individualidade nas pessoas, é como se todos fossem clones. Os preconceituosos
tendem a estereotipar as pessoas, mesmo apesar das evidências em contrário.

As pessoas que sofrem preconceito, vez ou outra se coloca dentro do molde desfavorável dos preconceituosos, agindo em conformidade com o pouco que esperam dela, sendo consumidas pelo ressentimento e muitas vezes ficam sem reação a opressão e ao desrespeito, mas com o tempo se tornam tão sensíveis e tão prevenidas contra a situação que reagem exageradamente, e vêem preconceito até onde ele não existe.

O ser humano é desconfiado de modo geral. Qualquer pessoa “diferente” é encarada indevidamente como suspeito de algo ou potencial inimigo. Com isso, percebemos que o preconceito, não é exclusividade de ninguém, é próprio do ser humano. Infelizmente, o preconceito cria raízes, e uma vez instalado na pessoa, esta passa a desgostar de tudo que for diferente dela e de seus padrões de excelência.

Nem todo preconceituoso é hostil, alguns são dissimulados e hipocritas. Certa vez parada no ponto de ônibus, ouvi duas pessoas conversando e uma pessoa delas declarar a outra que tinha amigos de certa raça, e confessou que não desejaria que seus filhos se envolvessem com alguém daquele grupo, servia pra amigo, mas não para entrar na família, e o pior foi que a outra pessoa ainda concordou.  Conclui-se com isso que há vários graus de preconceituosos. Percebemos pessoas que tem amigos de outras “raças”,
mas que sutilmente declara sentimentos de superioridade a estas pessoas. Está
sempre fazendo piadinhas com conotações raciais e de extremo mau gosto. E
muitas vezes também, não as trata como iguais, assumindo ares de que está
fazendo favor por tê-las como amigos. Como se não bastasse, ainda tem a
insensatez de exigir padrões mais elevados destas pessoas e se elas falham, consequentemente atribui a falha a seu “problema”. Ou talvez desaprove em alguém de raça diferente da sua, uma conduta que considera normal entre os de sua própria raça.

Mas, se você cair na besteira de falar que ele está sendo preconceituoso com a outra pessoa, pode estar criando uma inimizade eterna, tamanho será o ressentimento que ele nutrirá de você. Ele está totalmente enganado de si mesmo, como vai aceitar sua opinião?

Já se perguntou como as pessoas se tornam preconceituosas? Todos os seres humanos pensam separando os pensamentos em divisões hierárquicas. Se prestar atenção, verá que desde pequenos fazemos isso. Quando crianças, nós separamos mulheres de homens, adultos de crianças, cachorros de gatos, separamos tudo em grupos. Crianças observam que as pessoas são diferentes e devido a sua sinceridade, muitas vezes falam sobre isso, mas será que simplesmente observar tais diferenças as torna preconceituosas? Claro que não. Elas percebem rapidamente as implicações raciais, porque os adultos as fazem perceber com suas próprias observações preconceituosas.

Infelizmente, o ato de rebaixar outras pessoas parece ser natural em algumas pessoas que buscam “aparecer” à custa do rebaixamento de outros. Por quê? O egoísmo, a inaptidão, a falta de amor, e tudo o mais distorceu o modo de pensar e os conceitos sobre as pessoas, da sociedade atual. Em vez de ser feliz com as diferenças, o covarde
ser humano reage com medo e insegurança. E a maldade se espalha, invadindo até
o coração das crianças que passam a refletir os destrutivos preconceitos.

Agora que já sabemos mais ou menos o que é preconceito vamos falar de homofobia. EM 1969 foi inventada a palavra homophobia (inglês), homofobia em português. Esta palavra foi inventada, para descrever o medo ou aversão irracional a homossexuais.

Muitas línguas não conhecem esta palavra, só o que ela representa, porque já perdura
por milhares de anos em muitas nações a aversão aos homossexuais. Hoje, a homossexualidade tem sido mostrada como apenas outra forma de expressão sexual. Os homossexuais têm lutado com afinco para serem reconhecidos publicamente com todos os direitos legais como cidadãos brasileiros. Vemos em países considerados liberais, que muitas pessoas condenam e rejeitam a homossexualidade, e o Brasil não está fora disso.

Os homossexuais, ou melhor, os GLBT(gays, lésbicas, bissexuais e transexuais) são muitas vezes alvos de comentários depreciativos, maldosos, molestamento e violência. Já vimos até líderes religiosos manifestar grande ódio por esse grupo, iniciando campanha contra eles. A Bíblia não enquadra os homossexuais como pessoas a serem discriminadas,  particularmente rejeitadas ou odiadas por quem se considera um verdadeiro cristão. E em nenhuma parte da bíblia eu encontrei que Deus punirá qualquer pessoa queimando num inferno de fogo para sempre, só para corroborar.

Mas, na verdade, eu encontrei na Bíblia, várias normas de moral que Deus requer de nós. Princípios que muitas vezes são contrários aos conceitos de moral da sociedade atual. Não só os atos homossexuais, mas o sexo heterossexual entre pessoas não-casadas e a selvageria (sodomismo) são práticas condenadas na Bíblia. Se quiser confirmar leia no livro de Êxodo 22:19 e Efésios 5:3-5.

A bíblia diz claramente no livro de Levítico que a homossexualidade é uma abominação. A Lei de Deus para Israel determinava que se um homem deitasse com outro homem, ou praticasse bestialidade, incesto ou adultério, que este deveria ser imediatamente morto.

Na palavra inspirada de Deus, os atos homossexuais são chamados de ignominiosos
apetites sexuais
e atos contrários à natureza. A Bíblia não dá desculpa, não faz concessões e nem deixa margem para dúvida: homossexualismo, adultério e fornicação são atos que Deus considera hediondos. E na Bíblia são considerados no mesmo patamar, todos são errados.

Então, se a pessoa deseja estar em conformidade com a palavra de Deus, não adianta dançar em frente a dois senhores, apenas para se tornar mais popular ou aceitável a vista da sociedade. A bíblia não reconhece a homossexualidade como estilo de vida normal. A Bíblia incentiva aos cristãos verdadeiros a odiar o mau e todas as práticas que violem as leis de Deus.

Neste momento, você deve estar ai pensando em quão difícil é para um cristão reconhecer quem é mau apenas pela aparência. Não dá para ler o coração das pessoas. Agora, presumir que porque a pessoa tem esta ou aquela necessidade ela seja um inimigo de Deus já estaria sendo muito exagero não é mesmo? Na maioria dos casos a pessoa nem sabe que o que faz é considerada uma transgressão as normas de Deus. Quem é cristão de verdade não vai correr para odiar, ferir ou tratar com maldade ou rancor as outras pessoas, mesmo que não concordem com suas práticas.

Pelo que li, pelo meu pouco conhecimento concluo que, o cristão não deveria ser parcial. Deus odeia o desrespeito obstinado a seus princípios. Cristão verdadeiro não pode tratar os homossexuais, nem qualquer outra pessoa, com má vontade, ridicularizando-a ou importunando-a. Os cristãos verdadeiros encaram as outras
pessoas com respeito e dignidade.

“Deus recomenda a nós o seu próprio amor, por Cristo ter morrido por nós enquanto éramos ainda pecadores.” — Romanos 5:8.

Tire suas próprias conclusões, o assunto é muito polêmico, cada um quer puxar pro seu lado. Eu tentei mostrei aqui o que diz a Bíblia, que é a Palavra de Deus. Minha opinião, prefiro guardar pra mim. Faça seu próprio caminho.

Fui, porque não posso ficar mais hoje.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s