OPINIÃO

QUAL O SEGREDO PARA MANTER UM CASAMENTO EM BOAS CONDIÇÕES?

Não sou um guru, nem uma referência para responder a pergunta acima porque já me casei três vezes e estou na pista para a quarta, mas acredito que o desprendimento ou o altruísmo responderia bem a esta questão.

Geralmente se acredita que o casamento bem sucedido é aquele em que há serenidade, jovialidade, satisfação, entrosamento e amor. E que cada pessoa consiga colaborar com o parceiro e se preocupe em fazê-lo bem.

Outra coisa importante é manter a monogamia e nutrir de afeto a outra pessoa, tudo regado a muito companheirismo e sexo razoavel e pelo menos uma vez, um sexo tântrico. O amor tem de ser o suficiente para que não se deseje ter outra companhia pelo resto da vida. É uma relação bem básica entre duas pessoas que decidiram um dia ficarem juntas, se entra uma terceira, a coisa desanda…

Deus na ia colocar no coração do homem a necessidade de ter companhia se isto não fosse uma coisa boa de fazer. Homem e mulher são seres tão parecidos mental, física e emocionalmente e ao mesmo tempo tão diferentes que se complementam. Embora os casamentos tenham tudo para dar certo, não dão.

Porque será que em vez de diminuir, o divórcio está aumentando? Claro que a imperfeição humana e o egoísmo levam a maior parte da culpa. Mas de certa forma, a maioria das pessoas sabe que precisa cultivar o amadurecimento e o altruísmo para conseguir resolver a maior parte dos problemas que surgem no casamento. Acredito
que o maior problema no casamento não é o vício, nem a falta de dinheiro, nem influência da família, mas a imaturidade em lidar com os problemas advindos de serem pessoas diferentes. Algumas pessoas acreditam que depois que passou pelo cartório está garantida a felicidade eterna. É como se tivesse passado um
atestado de “dono do outro”, em vez de acreditarem que estão ganhando o dever legal de cuidar bem do outro.

Depois de algum tempo juntos algumas pessoas se acham no direito de serem desonestas com o cônjuge. A verdade tem um preço bem menor do que a mentira e não tem buracos para preencher. Quanto mais digno o relacionamento mais fácil de entender a outra pessoa. Não há uma pessoa certa em uma briga de casal, mas dois lados certos de seu ponto de vista. Não adianta ficar tentando provar quem está certo neste caso, o que é extremamente importante é que haja mutuo respeito a opinião da outra pessoa, aos seus sentimentos, desejos e contrariedades.

O mundo moderno incentiva a desonestidade entre os casais. Mentem sobre o tempo livre após o trabalho, sobre o interesse sexual, em questões financeiras, até sobre comida, praticamente em quase tudo. As pessoas esquecem que nada fica encoberto e que fatalmente a mentira será conhecida. Só se colhe o que se planta.

Renunciar, voltar atrás em determinadas horas é uma necessidade. Se a verdade é o alicerce de um casamento feliz, o desprendimento, a renúncia é a estrutura. Se o egoísmo entrar por uma porta a felicidade sai pela janela, porque não há como sobreviver a uma pessoa egoísta.

A pessoa egocêntrica derruba as estruturas de um relacionamento, vai de encontro a todos os princípios, não se pode fugir disso. Uma ocorrência gera outro fato parecido. Amor gera amor, bondade gera generosidade e por ai vai.

Está faltando amor nos casamentos. Não é possível ficar sempre no meio a meio. Alguém tem de ir mais do que até a metade quando acontecer um problema. Se existir amor suficiente não há nada que impeça de ir até o caminho todo para resolver a disputa. Sujeitem-se ao amor.

Um relacionamento bem sucedido envolve preocupação com a felicidade do outro, não se responsabilizar por ela, mas se preocupar, considerar as pequenas coisas. Sempre é bom colocar a lógica antes dos sentimentos ao avaliar um problema conjugal.   Cada pessoa tem de estar alerta para entender os pontos fracos do outro, ao ponto de conseguir a harmonia no relacionamento esforçando-se jeitosamente a mostrar ao outro uma saída para os problemas.

Ser altruísta é importante para um casamento bem sucedido. Um casamento feliz não é conseqüência de viver juntos, mas é uma união de duas pessoas que se amam e são perdoadoras que não se preocupam apenas com o que podem tirar do relacionamento mas que se preocupam em colaborarem para a felicidade e o bem estar da outra pessoa como se fosse a sua própria.  Deixe Deus estar no controle.“Há mais felicidade em dar do que há em receber.” — Atos 20:35.

Fui!

Anúncios

2 pensamentos sobre “QUAL O SEGREDO PARA MANTER UM CASAMENTO EM BOAS CONDIÇÕES?

  1. Gostei muito do texto. Vou te acompanhar no blog. Me adiciona como contato. Você é psicologa? O text oestá muito be mescrito e bem prático. Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s